São José dos Ausentes – RS

CÂNION E PICO DO MONTE NEGRO – DESNÍVEL DOS RIOS – CACHOEIRÃO DOS RODRIGUES
O PONTO MAIS ALTO E FRIO DO RIO GRANDE DO SUL
EXTREMO NORDESTE DO RIO GRANDE E DIVISA COM SANTA CATARINA
Iniciamos nossa aventura saindo de Cambará do Sul com destino a cidade de São Jose dos Ausentes – RS, com 90 km de distância de ida no total, até o Cânion e Pico do Monte Negro, com duração de 2 horas, em estrada não pavimentada em condições precárias de conservação.
Em nosso percurso, paramos para admirar nosso primeiro atrativo, a Cachoeira do Tio Juvenal, com uma pequena caminhada avistamos queda da cachoeira com mais de 15 metros de altura, que fica no Sítio e Pousada Vale das Trutas, uma das cachoeiras que fez parte das locações da minissérie “A Casa das Sete Mulheres”, exibida em 2003, pela Rede Globo.
Foto 1
Seguimos até a cidade de São José dos Ausentes onde paramos para conhecermos o Termômetro de Mercúrio que está localizado no centro da cidade, um local perfeito para registrar a nossa passagem pela cidade mais fria do Rio Grande do Sul e uma das mais frias do Brasil, construído de maneira artesanal, o termômetro registra as mais baixas temperaturas do rigoroso inverno da região, onde a geada é frequente, e se a gente tiver sorte até podemos presenciar a neve comum na região.
Saímos da cidade e continuamos por estradas antigas da região para nossa visita ao Cânion e Pico do Monte Negro, ponto mais alto e mais frio do RS onde também foram gravadas cenas da minissérie “A Casa das Sete Mulheres”, passando por campos de altitude, observando a Face do Bugio, a Fenda e a Pedra do Mirante, numa altitude de 1.403 m, podendo avistar o litoral, sendo uma das formações mais bonitas dos Aparados da Serra, percorrendo a Trilha do Monte Negro, com 3 km de extensão no total em 2 horas em média. Retornamos um pouco pela estrada até a Pousada Monte Negro para nosso almoço típico, com uma culinária campeira com grande variedade de sabores, temperos e iguarias, sendo herança dos tropeiros e colonizadores açorianos da região e dos indígenas. A cozinha no campo não pode deixar de ter o fogão a lenha repleto de pratos deliciosos servidos na chapa, além do clássico churrasco e arroz carreteiro. Estão também entre as especialidades da região os pratos como pinhão, fruto da araucária coletado abundantemente no começo do inverno, e o doce de Gila, fruta portuguesa semelhante a melancia, que se desenvolve muito bem nos Campos de Cima da Serra. São todas receitas passadas de mãe para filha e que se tornam gostosas lembranças para levar na bagagem o sabor da Serra. Aproveitamos para conhecer a produção da Fazenda, que inclui o queijo serrano, exclusivo da região e apreciado em todo Brasil, a linguiça de pinhão, além de doces, licores, compotas e conservas feitas com produtos da horta e pomares da Família.
São José dos Ausentes
Após este delicioso almoço seguimos nossa aventura voltando em sentido a Cambará do Sul, onde novamente paramos para conhecer o famoso Desnível dos Rios, uma curiosa formação onde o Rio Divisa e Rio Silveira correm paralelamente separados por um monte, como chamamos de Ilha Brasil, os rios que passam lado a lado, tem 3 m de distância um do outro, com um desnível de 20 m de altura, lugar onde a natureza esculpiu entre rochas e montanhas este fenômeno impar na América latina, fazemos esta Trilha dos Rios em aproximadamente 1 hora e 30 minutos, com 3 km de percurso no total, em meio à matas de araucária e uma das mais belas vistas dos Campos de Cima da Serra.
São José dos Ausentes
Após esta visita seguimos para conhecer o Cachoeirão dos Rodrigues, que tem sua quedas com mais de 28 metros de altura, e que emprestou a sua beleza para cenário da novela “O Profeta” da rede globo, seguimos percorrendo a Trilha do Cachoeirão com uma sucessão incrível de grandes quedas de água, é uma das mais belas paisagens da região, com um percurso total de apenas 2 km em 1 hora e 30 minutos, em meio à mata de araucária e campos de altitude.

Esta trilha conta sempre como acompanhamento do condutor de turismo de aventura onde nos vela nos melhores pontos para visualizar e fotografar o Cânion, onde ele explica e sensibiliza sobre a Geologia e formação dos Cânions, sobre a Fauna e mostrando a Flora da região, como também as Histórias e a Cultura Local.
Após o término desta incrível visita a cidade de São Jose dos Ausentes, retorno à cidade de Cambará do Sul em aproximadamente mais 2 horas de percurso.
Foto 4